Rob van der Woude

Rob van der Woude foi convidado para dar a primeira aula do Festival – “Primeiros Passos”.  Uma  aula aberta a todos os que querem começar a dançar tango argentino.

Rob diz que que muito jovem foi incentivado pela mãe a experimentar as aulas de danças de salão, na Holanda e, desde esse momento, ficou em si plantada a semente da sua futura paixão pela dança.  Começou a dançar e rapidamente ficou viciado. Começou a participar em todos os eventos de dança possíveis e a competir nos campeonatos de danças de salão a nível regional. Depois de iniciar os seus estudos universitários, na Bélgica, tornou-se difícil conjugar as competições de dança com as responsabilidades académicas, mas a dança nunca deixou de representar um papel fundamental na sua vida. De tal maneira, que alguns anos mais tarde uma amiga o convidou para a ser o seu par nas aulas de tango argentino e imediatamente aceitou, apesar de sentir algumas duvidas… O tango era o estilo de dança menos apreciado durante a sua carreira nas competições nas danças de salão, no entanto, depois de experimentar o tango argentino, descobriu que era algo totalmente diferente. Então, gradualmente foi surgindo uma nova paixão. Uma paixão que hoje em dia quer partilhar com outros – a música, a emoção, o respeito, os movimentos da atração…

“Quando ensino os primeiros passos de tango na iniciação tenho sempre um foco na música. É muito importante compreender a música. Só quando os dançarinos realmente sentem a música, são capazes de criar algo bonito, juntos, na pista de dança. Ver este feito é o que mais me agrada.”